Seguidores...

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Nosso Amor Agora É Sal – Teu Olhar Que Marejou....


Entre abril e o anoitecer
Quero ver você chover
Embalar meus sonhos

Navegar em nuvens claras
Do amor vestir as asas
De azul, de amanhecer

Entre abril e o anoitecer
Corre um rio de bem querer
De alma desnuda, é amar, é amor.

Nau que vai, agora é sal
Sob a ponte, ao longe, um farol
Teu olhar que marejou....

Um comentário:

segredos disse...

Espero que essa fonte não venha a secar, quanta coisa linda.
Quero ter você sempre vertendo suas lagrimas em forma de poesia.
Beijinhos poeta pantaneiro.